in

3 golpes comuns de viagem (e como evitá-los)

Como viajantes, é fácil pensar que somos espertos o suficiente para evitar roubos de viagens. Mas a verdade é que acontece com o melhor de nós. Incluindo eu!

Embora eu tenha compartilhado todos os tipos de dicas úteis sobre viagens neste site, achei importante criar um guia dedicado sobre golpes de viagens comuns.

De ficar ridiculamente sobrecarregado em passeios de táxi para inconscientemente revelando informações de cartão de crédito, golpes como estes existem em todo o mundo.

Embora seja quase impossível saber quando você será enganado, é importante saber que tipo de esquemas de viagem existem e o que fazer para a segurança de viagem caso surja uma situação.

Golpes de Viagem Mais Comuns Em 2019
É uma droga ser enganado por um estranho quando você está viajando de férias. Mesmo depois de 9 anos de viagem contínua, eu ainda sou pego de surpresa de vez em quando.

Aqui estão alguns dos golpes mais comuns que você provavelmente encontrará ao viajar, além de histórias pessoais de minhas próprias experiências. Conhecimento é poder! Quanto mais pessoas souberem sobre esses golpes, menor a probabilidade de você se apaixonar por eles.

1: medidor de táxi quebrado
Os motoristas de táxi perto de aeroportos ou estações de trem são conhecidos por puxar esse golpe, mas isso pode acontecer em qualquer lugar. Quando você entrar em um táxi e começar a dirigir, o motorista informará que o medidor está quebrado e cobrará um preço ridículo (até 100 dólares se você não for cuidadoso).

Minha experiência:
Isso é muito comum na América Central, especialmente na Costa Rica. Eu provavelmente tive 10 taxistas diferentes tentando me enganar em todo o mundo. Eu me apaixonei uma vez, durante meu primeiro ano viajando.

Como evitá-lo:
Negocie as taxas antecipadamente ou garanta que o medidor está de fato funcionando antes de entrar no carro. Se o taxista se recusar a ligar o medidor ou disser que é mais barato sem o medidor, saia e opte por outro motorista. Nem todos os taxistas são golpistas.

2: Overbooked ou fechado Hotel
Mais uma vez, esse esquema comum de viagens acontece em grande parte com motoristas de táxi. Enquanto a caminho do seu hotel, o motorista lhe dirá que seu hotel está fechado ou com excesso de reservas e, em seguida, o levará para um hotel mais caro, onde o motorista receberá uma boa comissão de gordura.

Minha experiência:
Por sorte, eu nunca me apaixonei por isso, no entanto, eu tive 3 ou 4 pilotos tentando me enganar dessa maneira. Normalmente, dizendo que o hotel é ruim, ou que está fechado.

Como evitá-lo:
Ligue para o hotel com antecedência e verifique se eles estão abertos. Pergunte se eles oferecem serviço de transporte e, em seguida, agende uma coleta. Se o seu motorista de táxi ainda lhe disser que o hotel não está disponível, insista que ele o leve lá de qualquer maneira. Diga a ele que você já tem uma reserva (mesmo que você não tenha).

3: pulseiras gratuitas ou alecrim
Este golpe tende a atacar os viajantes do sexo feminino. Um homem ou uma mulher amigável se aproxima para conversar, em seguida, colocar uma pulseira de amizade “livre” em seu pulso. Ou te entregar um raminho de alecrim para dar sorte. Uma vez que você tenha, eles exigirão dinheiro. Quando você se recusar, eles começarão a causar uma cena.

Minha experiência:
Eu tive mulheres ciganas em Madri tentando me dar Rosemary.

Como evitá-lo:
Não permita que ninguém coloque nada em seu corpo e seja extremamente cauteloso em aceitar qualquer coisa de graça, a menos que haja uma boa razão para isso. Especialmente em áreas muito turísticas. Ignore-os e continue andando.

Um guia para trabalhar em super iates e veleiros

Índia guia de viagens